GESTÃO EMPRESARIAL DIA-A-DIA

Eu sou José de Siqueira Cavalcanti Neto, consultor empresarial especializado em gestão e este é um local criado para passar um pouco de minha experiência de 25 anos. Meu endereço de contato é jscn@terra.com.br

19

de
outubro

POR QUE FAZER AVALIAÇÃO DE DESEMPENHO?

Existem gestores com medo de avaliar seus subordinados. Nesses anos todos que desenvolvo projetos de consultoria de gestão, encontrei, muitas vezes, gestores que diziam desejar fazer a avaliação de desempenho de seu pessoal, mas não a faziam porque a empresa não tinha o instrumento adequado. No entanto, minha vivência na área mostrou que a falta do instrumento de avaliação de desempenho é mais uma justificativa do que um motivo real. Pois, quando a empresa providencia um instrumento, outras justificativas surgem e a avaliação não acontece.
Assim, se você é um gestor que pensa que a avaliação de desempenho é importante para qualquer empregado e mesmo assim não age, leia este texto, talvez um destes 10 motivos seja realmente o que o está paralisando. E, como a consciência é o primeiro passo para mudança, veja qual deles é o seu “primeiro passo” e faça algo a respeito.

1. Você não quer ferir os sentimentos de outras pessoas.
Se este é o caso, baseie sua crítica em fatos. Monte o cenário dos acontecimentos e leve o avaliado a entender sua linha de raciocínio. Descreva o que você viu e entendeu; o que desejava e em conjunto defina o que deve ser feito.

2. Você não está satisfeito com o desempenho, mas não sabe bem o porquê.
Busque conscientizar-se de suas emoções e sincronize o feedback com a ação que o deixa insatisfeito. Por exemplo: o funcionário chegou atrasado, chame-o em particular e diga: você chegou atrasado, quero que saiba que isto não me deixa satisfeito. Seja assertivo.

3. Você não tem claro o que deve ser dito e o que não deve ser dito.
Prefira dizer tudo, mas aquilo você não tem certeza, coloque como um ponto para reflexão. Por exemplo: João, às vezes, tenho a impressão que você não está interessado; por exemplo, quando todos estão trabalhando duro e você fica fazendo piadas. Então, fico me perguntando o que está acontecendo com você? Vamos refletir juntos?

4. Você realmente fica muito zangado só de pensar no assunto.
Olhe o empregado sob outra perspectiva. Pense: E se ele realmente está se esforçando e o problema é que eu não consigo me comunicar bem com ele?

5. Você fica com preguiça, “vai dar muito trabalho e talvez o resultado seja nulo”.
Na verdade, eu não acredito que as pessoas tenham preguiça. A preguiça é uma cortina de fumaça que colocamos na frente de um sentimento que não queremos enfrentar. O que você está evitando?

6. Você não tem tempo.
Você acredita que não tem tempo para chamar uma por uma das pessoas que respondem a você na hierarquia.
Avalie quanto tempo você desperdiça corrigindo ou refazendo o trabalho deles. Imagine se em seu departamento ninguém repetisse os velhos erros, quanto tempo sobraria para vocês fazerem o que realmente é importante?

7. Você não acredita em avaliação de desempenho a não ser que você possa premiar as pessoas que estão “indo bem”. Como a empresa não tem um sistema de premiação, fazer a avaliação de desempenho por si só não tem razão de ser.
Imagine um sistema de premiação que você mesmo possa gerenciar. Que tal um dia de folga para quem se saiu muito bem no semestre? Ou um elogio público? Ou preferência para substituir você, quando você for sair de férias este ano? Afinal se todos melhorarem de desempenho você enfim pode sair de férias.

8. Você está com medo.
Você teme o fracasso, ou o sucesso, ou simplesmente ser diferente. Todo mundo tem medo de algo, isto é ok enquanto não o impedir de fazer o que você acredita. Qual é o seu medo?

9. Você não gosta do seu pessoal, ou não se importa com ele.
Não acredito nisto. O mais provável é que você não esteja gostando o bastante de você mesmo. Talvez o seu chefe não reconheça o seu esforço ou talento. Se for este o caso faça um programa de premiação para você mesmo. Dê uma recompensa para si mesmo a cada meta que você atingir.

10. Eles ainda não estão prontos.
Lembrem-se que eles, os que respondem a você na hierarquia, são adultos e recebem feedback dos parentes, dos esposos e dos amigos; assim, o seu feedback não será novidade.
Eles estarão prontos, assim que você sentir-se pronto. E você sentir-se pronto, só depende de você.

Aumente essa lista. Escreva-me dizendo o motivo pelo qual você não faz a avaliação de desempenho do seu pessoal.

José Cavalcanti

Arquivado em: Sem categoria I

Nenhum Comentário »

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Feed RSS dos comentários deste post. URL de TrackBack

Report abuse Close
Am I a spambot? yes definately
http://jscn.blog.terra.com.br
 
 
 
Thank you Close

Sua denúncia foi enviada.

Em breve estaremos processando seu chamado para tomar as providências necessárias. Esperamos que continue aproveitando o servio e siga participando do Terra Blog.